quinta-feira, 23 de julho de 2009

821 - Gilberto Queiroz


Criei coragem pra fazer esse de cima de uma passarela aqui perto. Desenhar na rua ainda é meio estranho pra mim. Timidez.
O bairro é Perus, alças do viaduto Ulisses Guimarães.

5 comentários:

Edde Wagner disse...

Eu meio que penso um pouco diferente de algumas pessoas quanto aos desenhos de observação, Gilberto! Eu acho que não é técnica ou resultado. É o processo. Principalmente de observar, ganhar repertório!
Está ótimo!! E pensar no próximo!!

neilima disse...

É sempre uma pauleira ter que desenhar ao vivo, Gil!
Tem sempre uns curiosos que passam bem perto pra ver o que está acontecendo, mas temos mais é que abstrair e nos concentrarmos mesmo no que estamos fazendo!
A prática disto lhe dará essa experiência.
Muito bom o seu desenho. Faça mais vezes!

Abração!

ALEX MAGNO-ENJOY ART disse...

Nossa Giba, legal a sua atitude de sair na rua!Não encana com o povo ou os curiosos!Isso é normal e também é um ótimo termômetro para saber se o desenho tá legal...Pense que fazendo isso vc pode estar insentivando outra pessoa a sair e desenhar na rua também!Imagine que ao invés de sentir-se meio estranho, vc pode se sentir como um exemplo!Abração!!

vani pereira disse...

cara to trabalhando ai pertinho deste seu desenho...hihi... pra mim ta show.

disse...

Show ! Gilbertão! Um abraço véio.