segunda-feira, 2 de março de 2009

158 e 159 - J. David Lee


Na sexta-feira, pela manhã, na Unicamp. Uma caneta vagabunda e um caderno de desenhos (que não tem capa dura) sem apoio. Somente nesta ocasião percebi quantas formigas existem nestes lugares: era se apoiar em algum lugar e em 5 minutos alguma formiga já estava no pescoço! Mas do que os rabiscos, curti a experiência.

3 comentários:

cri-caminhos e artes disse...

caboclinho, que coisa linda...parece que a força começou a se manifestar!?continue assim nego...um abraço!

Edde Wagner disse...

É isso aí, David. Tá vendo!!
Você tem talento! Sempre disse isso. O que eu sempre critiquei em você é que vc disperdiça ele.
Vc precisa criar uma relação melhor com o seu talento!

Fábio Carvalho disse...

David, que legal seus desenhos
Tô achando muito bacana sua variação de temas nos posts^^
Abraço