segunda-feira, 20 de julho de 2009

802 - J. DAVID LEE



Olá pessoal!
Primeiramente, nesta noite fria desejo feliz dia do amigo a todos da comunidade, que num caminho continuo vem atingindo resultados tao interessantes e realizando a construcao de um espaco tao importante para todos nos.

Os estudos ao lado foram realizados neste último sábado, na Praca Ramos de Azevedo, no Centro Velho de S. Paulo. A mudanca de cenário deu-se por conta do resfriado do Alexandre Cri Magno. Entretanto, um dia lindo de Inverno com predominio de alta pressao atmosferica, fechou em cerca de 15 minutos que estavamos la.
Bem, os sketchs ao lado foram feitos nos momentos em que nao estavam garoando. Abracao.


10 comentários:

gilson rodrigues disse...

legal hein!? principalment o segundo! "o homem"...

ALEX MAGNO-ENJOY ART disse...

Feliz dia do amigo meu cumpadi!!!e parabens, oitocentas postagens!!!

Fabio Moraes disse...

Como disse qaundo postei meus estudos, que a Praça ramos é repleta de motivos para serem captados.
Excelentes estudos, boa marcação de luz e sombra, drapejamento, belíssima anatomia, enfim EXCELENTE.
Quando vc e o Cri forem sair pra rabiscar me avisem que vou tambem ok?

mercadovisual disse...

David, não vou dizer nada. Veja meu comentário no post do Alex, acima.
Abração,
Gilberto

neilima disse...

Olá, David!
Até que foi providencial essa mudança de ares, né?
Vocês estão mostrando coisas mais diferenciadas.
PARABÉNS pelos belos desenhos!

Abração!

J. DAVID LEE disse...

Valeu pelos comentarios pessoal.
Abracao.

Edde Wagner disse...

LEGAIS OS DESENHOS, HEIN, DAVID!!
OOSSO DAR UMA SUGESTÃO PROS PRÓXIMOS?
Não ficar preenchendo tantos pretos e se preocupar com a estrutura. Marque, sim,os pretos, mas sem perder tempo preenchendo-os.

J. DAVID LEE disse...

Okay, Edde. Valeu o toque.

Lilian Stocco disse...

Muito bom, maravilhoso, gosto muito dos traços, mesmo com a chuva dando um tapinha para variar haha

Parabéns!!

disse...

Fiquei desconectado uns dias e não vi esses desenhos David, simplesmente lindos, parabéns véio, um abraço.