domingo, 8 de março de 2009

212 - J.David Lee


Eu sei que o Cris vai querer cair de pau no meu desenho, mas como trata-se de um auto-retrato posso escolher a forma de desenhar que quiser, né?!
Para tanto, o de sempre, caderno de desenho e lápis Faber Castel desapontado no. 2, B, um espelho e meio copo de café, pois desenhei muito cedo....

4 comentários:

cri-caminhos e artes disse...

cabclinho como eu posso reclamar...vc sabe q sou justo, se tiver que falar ,falo mesmo; mas quando fica bom eu também não deixo por menos!tá foda!!!muito legal mesmo...como não pude ver a sua cara feia ainda só posso dizer:show! e parabens,200 postagens e é só o começo!lembra do que eu comentei uma vez!!!imagina como seu trampo, o meu, enfim; de todos vão ficar daqui 3, 5 ou 8 meses! pode ser quem for, proficional, amador,professor,até os estrelas, se passarem por aqui... nunca mais serão os mesmos! digo isso com tanta certeza pq nós todos mudamos e a olhos vistos!! talvez na arte seja meio sutil,mas na mente, na atitude onde e´ mais importante; que mudança...parabens meu irmão de arte!!

Edde Wagner disse...

Ficou bem legal, David!
Tá melhorando...

J. DAVID LEE disse...

Putz, valeu.
Realmente o blog contribuiu com a forma que vejo o desenho, minha forma de desenhar e ver como os artistas conseguem criar coisas tão diferentes, e o que é louco: as mesmas coisas que também vejo.

O olhar de cada um mostra um universo de possibilidades totalmente distintos, valorizando o cada um tem a contribuir...

É sempre bom aprender, e estou curtindo muito fazer parte de tudo isso.

Valeu por todos os comentários...

mercadovisual disse...

Legal o traço. Parabéns!
Abraço,
Gilberto