terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

90 - Gilberto Queiroz


Desenterrei o caderninho devido a esse blog. Aliás, tenho que montar outro, pois este já está no fim, repleto de contas, anotações e outras coisas que nada tê a ver com desenho.
Fiz esse durante a visita que fiz hoje pra filar a boia da sogra. Não ficou muito parecido, a perspectiva têm sérios problemas, mas deu um prazer imenso. Esse negócio de rascunhar é realmente perigoso. Parece viciar.

4 comentários:

neilima disse...

Olá, Gilberto!
Um desenho de estudos no caderninho não tem que sair sempre perfeito. O que vale é o momento em que se desenha, como você mesmo falou, se deu prazer é o que importa!

Abração!

mercadovisual disse...

É verdade, Nei. Valeu!!

cri-caminhos e artes disse...

cara eu achei essa produção linda, ela é quase onírica,digo isso, porque parece a minha visão quando acabo de acordar...aí a rotina do dia-a-dia começa, e tudo volta ao normal.lindo.

Edde Wagner disse...

Putz!!!
Mandou muito bem, Gilberto!