segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

32 - Eduardo Schaal


Desenhos de modelo vivo que frequento as quintas feiras aqui em Bristol.
Essas foram poses de 10 a 15 minutos. Normalmente sao 5 ou 6 modelos (femininos e masculinos) se revezando e muita gente desenhando.
Lapis 4H (quase invisivel de tao duro) para o esboco, que costumo fazer muito solto com apenas as massas e a forma inicial e canetas Staedtler 0.1, 0.3 e as vezes 0.8 para definir as linhas e volumes.

4 comentários:

Edde Wagner disse...

Eduardo Schaal!!
Ótimas artes, e um estilo inconfundível!
E ainda deu um 'ar' estrangeiro pro blog, ehehh...
Posta mais, sempre!!

J. DAVID LEE disse...

Aulas de modelo-vivo são sempre indispensáveis... sempre dá para aprender alguma coisa diferente na anatomia, nas formas, nas expressões... Abraço, Schaal

Schaal disse...

modelo vivo 'e fundamental, na verdade, poque ali somos obrigados a fugir dos cliches de anatomia de quadrinhos ou mesmo da anatomia idealizada pelos gregos, que tanto fica impregnada em nossas mentes.
Ali temos pessoas reais para serem desenhadas, onde os corpos sao muito diferentes entre si, onde temos gordura, idade, acao da gravidade, onde os seios nao sao sempre bolas perfeitas e empinadas, onde os musculos nao sao a ulta-definicao hipertrofiada e as proporcoes mudam e muito.

Alem do que, temos o resultado tridimensional para olhar, o que 'e bem diferente de uma foto que ja 'e 2D como o desenho, e, claro, o fator tempo e a naturalidade das poses. Tudo isso torna o processo muito bom para estudar e muitas vezes muito mais dificial do que fazer algo "decorado" de memoria ou com a facilidade da foto que nao se mexe e nem cansa.

Modelos vivos sao muito legais! :)

Gilberto Valadares disse...

Cara, esses modelos ficaram ótimos... muito bons mesmo, parabéns cara... :D